segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Universo e Tarot de casa nova.

Esse site está de casa nova. Venha nos visitar!





Deseja consultar-se? Entre em contato: raquel.taro@gmail.com . 

Ou clique aqui: universoetarot.com/consulta/ .


Seja bem vindo(a)!

sábado, 22 de outubro de 2011

A Temperança: Anjo, Anjo Meu.

Acesse o site através do novo endereço: Universo & Tarot

Este texto foi originalmente publicado no blog Conversas Cartomânticas


Não pretendo ser conclusiva em minha dissertação sobre o Arcano A Temperança. É, antes de mais nada, um apanhado – a partir de pesquisas e práticas - acerca do mesmo. Considerando-se a riqueza em que consiste um símbolo, pode incorrer que algo não seja abarcado aqui. Ficará, portanto, um estímulo para futuras reflexões por parte do leitor.


Pictorial Key Tarot

Anjo, Anjo Meu

No décimo quarto Arcano Maior do Tarot, A Temperança, não temos a presença do Louco/Herói. Em seu lugar vemos um Anjo Alado que literalmente desce à Terra. O que será que ele vem nos comunicar?
Anjos são mensageiros entre o Homem/Deus, Material/Espiritual. São eles que “transmitem suas [Deus] ordens e velam sobre o mundo.”, significando que há proteção espiritual quando sob sua influência.

Marseille Grimaud


A roupa que veste e os vasos que maneja são vermelhos e azuis, simbolizando ação e passividade, respectivamente.     Representam aspectos duais: luz/escuridão, razão/emoção, ... O ato de verter água de um jarro para outro de forma calma e serena mostra a necessidade de harmonizar opostos. O líquido flui do jarro azul (espiritual) para o vermelho (material): é o fluxo de energia (vital) que se faz presente, é a manifestação do Divino através da figura do Anjo que por meio da transmutação proporciona uma maior espiritualidade ao Homem. É o encontrar “a medida certa” diante da dualidade. É o renovar-se, permitir que as influências superiores se façam presentes; é encontrar a paz interior.
Ao lado dos Arcanos A Justiça (VIII), O Eremita (IX) e A Força (XI) é uma das quatro virtudes cardinais, representa a moderação e a prudência diante dos prazeres, o “domínio da vontade sobre os instintos”.
No mundo atual, tal como ele se apresenta – onde imperam o materialismo, o egoísmo, a pressa, o desrespeito... – a “prática” das quatro virtudes cardinais está sendo deixada de lado. Vivenciar A Temperança, sendo paciente, ponderado, reflexivo, harmônico, prudente, é quase que uma afronta.
Diante disso vem o aspecto da Dor que a ele é atribuído. É comum perceber certa irritabilidade por parte de quem está sob os alertas desse Arcano. Afinal, ter que diminuir o ritmo para buscar a harmonização do aspecto físico/espiritual não é tarefa fácil. Mas não se esqueça: há um Anjo que veio para lhe ajudar!

“Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma,
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma...” 
Lenini e Dudu Falcão


Visconti-Sforza


A Temperança representa, portanto, o momento em que necessita-se de um tempo, de harmonia, de paz. Esse processo de conciliação pode tanto ser internamente quanto com questões externas. Mas é fato que não acontece no momento em que se quer – daí o aspecto moroso do Arcano – nem da forma como se deseja. Ao contrário, é quando consegue-se o equilíbrio (não o proposto pelo A Justiça) entre o consciente e o inconsciente, o material e o espiritual, e outras dualidades mais. E isso demanda tempo. Não dá para querer apressar o processo, pois pode-se deixar a água escapulir antes de cair no segundo vaso. E observando a carta, vê-se que ela não cai. Portanto, é no tempo que tem que ser, da forma que tem que ser.


Medieval Scapini



Considerações durante o jogo


Durante um jogo, vários fatores são importantes serem levados em conta para compreender o significado do Arcano naquele momento: método utilizado, significado da casa em que ele aparece e, principalmente, o contexto. Diante disso, as considerações que aqui serão citadas não compreendem significados deterministas do mesmo.

Harmonious Tarot


Estar sob a influência da A Temperança significa antes de mais nada estar protegido espiritualmente, o que é muito importante para um equilíbrio interno, possibilitando a harmonia e paz interior para que se possa conviver com o que é externo. Significa também estar mais reflexivo, avaliando mais (e melhor) a situação.
Em termos de realizações materiais, as coisas caminharão a passos lentos.
Numa casa negativa, ao contrário do dito anteriormente, significa a necessidade de dar uma pausa, talvez porque esteja-se negligenciando algo importante, não tendo autocontrole, sendo por demais precipitado e indolente, inclusive no que se refere à própria saúde.
Para relacionamentos afetivos, dependerá do tipo de relação, se são paqueras, namorados, casados, etc., e o contexto da situação. De qualquer forma, indica a harmonia entre as partes. Em caso de crise, não acontece a reconciliação, como alguns mencionam, mas a conciliação. Permanece o afeto, mesmo que uma das partes se vá.

Temperantia
Edward Burne-Jones, 1872
Quando o Anjo d'A Temperança se fizer presente, aceite as bênçãos que ele veio lhe trazer.




Bibliografia:
A Vida pelo Tarot. Adriana Kastrup. Ed. Rocco.
Dicionário de Símbolos. Jean Chevalier e Alain Gheerbrant. Ed. José Olympio.
Trilogia do Nei Naiff. Ed. Elevação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Universo e Tarot Copyright © 2010 Olhar o Luar Art Template by Olhar o Luar's Blogger Template